Soares, o maior artilheiro do futebol varzeano

13 de abril de 2010 por     1 Comentário     em: Notícias

Mais um gol de placa marcou o centroavante Soares neste fim de semana. Para comemorar seus setenta anos de vida ele reuniu seus familiares e amigos, dentre eles vários jogadores que se destacaram no futebol varzeano da cidade para um almoço nas dependências da A. A. Portuários de Santos. Soares é considerado na Baixada Santista o maior artilheiro amador que já existiu, se houvessem anotações de todos os gols que ele fez, tranquilamente passaria dos mil, assim como fez Pelé no profissional.

Soares começou a jogar futebol aos 14 anos no Santa Cruz, time do Canal 6 com Avenida Pedro Lessa. Também defendeu os outros times do mesmo local, o Estrela da Manhã e o Belo Horizonte F. C. até chegar ao Vila Santista F. C. onde se destacou formando por quase dez anos a famosa dupla de ataque Paúca e Soares. No final dos anos 60 o Vila Santista perdeu o seu campo por motivo de ampliação do Porto de Santos e paralisou suas atividades. A partir daí, um novo time conquistou o seu futebol.

Após uma breve passagem pelo Bacia do Macuco F. C. Soares foi convidado pelo presidente do E. C. XI Santista, Zé da Onda, para fazer parte do elenco da Pantera do Macuco.  Nos anos que defendeu o XI Santista, Soares foi campeão varzeano por três vezes, campeão do Torneio Rei Pelé, campeão do Torneio Ministro da Marinha, campeão varzeano de veteranos. Também se destacou e conquistou títulos na Cidade de São Vicente, onde defendeu a Ferroviária, o São Paulo do Catiapoã e o São Vicente. Jogou também pelo Bandeirantes de Pedro de Toledo e pelo E. C. Vila Caiçara de Praia Grande.

Em 1964 foi convidado por Manduca e integrou a equipe do Vasco F. C. campeão do Torneio da Amizade, em disputa com os times amadores do Santos F. C., A. A. Portuguesa, Jabaquara, Barreiros, Itapema, Jardim Casqueiro, Cosipa. Esses jogos foram realizados nas preliminares da Portuguesa, campeão do Acesso naquele ano. Fez parte durante muito tempo das Seleções do Portuários. Pelo Vila Santista foi bicampeão do Torneio de Seleções dos Bairros em 1967 e 1968 e campeão do Torneio Varzeano José Vaz em 1966.

Veja algumas fotos da festa e dos times que Soares defendeu.

1 Comentário + Comente

  • Tenho notícias de um amigo que, o Soares atuou pelo Ferroviário do Bairro de Pedro Barros, em Miracatu, juntamente com seu irmão Joãozinho e outros mais, quando veio a residir com seus pais no Distrito. Final dos anos 50. Os varzeanos mais antigos, comentam até hoje o seu futebol de primeira categoria.Parabéns! ao maior artilheiro da várzea santista.

Gostou? Então deixe um comentário!

A Tribuna

O guardião da várzea santista

Login


who's online