Itapema F. C. campeão cinquentão

27 de outubro de 2011 por     1 Comentário     em: Notícias

Depois de perder a primeira partida por 2 a 1, em sua casa, o Itapema foi para a decisão da 50ão Descalço contra o Bate Fácil, desacreditado pela imensa maioria dos torcedores, especialistas e até mesmo alguns de seus torcedores.

Afinal a tarefa não era fácil. Bater o adversário, em seu domínio, e tentar o caneco, que já havia escapado em 2010 contra o Santa Rosa.

E contra os prognósticos, a equipe comandada por Dodô não deu bola para o favoritismo alheio e fez 2 a 0 no placar, conseguindo o troféu, as medalhas e as faixas de campeão 2011.

Aliás, Dodô foi do inferno ao paraíso em 14 dias. Na ida, foram muitas as críticas sobre suas táticas e, principalmente, substituições, que não foram perdoadas pela “turma do amendoim”. Mas, na volta, ele anulou o fenomenal Pipoca, autor de 30 gols na competição, com a escalação do atacante Surfista como zagueiro, escalado apenas para vigiá-lo de perto. E Surfista pegou a onda e tirou nota dez na missão, deixando o artilheiro sem tempo de bola e espaço, algo que teve de sobra no primeiro jogo.

O primeiro tempo foi morno, com poucas chances de ambos os lados. Com as dimensões pequenas do campo, o Vovô se postava na defesa e arriscava contra-ataques, mas sem grades sustos ao improvisado Brenguele no gol do Bate Fácil. Sem Geninho, machucado,  e com Pipoca muito marcado, o time da casa também não assustava.

No segundo tempo, a partida seguia no mesmo ritmo até os 30 minutos, quando os gols saíram. Primeiro com Valmir. Pouco depois, o golpe de misericórdia com Zinho que derrubou o ânimo do rival.

Daí em diante foi só segurar a pressão e após o apito final do árbitro Jean comemorar a façanha, que bateu na trave em 2010, mas que virou golaço em 2011.

Colaborador: Guilherme Novaes

1 Comentário + Comente

  • itapema sempre melhor da ilha

Gostou? Então deixe um comentário!

A Tribuna

O guardião da várzea santista

Login


who's online