Grêmio São Luís

4 de novembro de 2012 por     4 Comentários    em: Equipes, Grêmio São Luís

Administrado pelos Irmãos Maristas desde a sua fundação em 1904 até o ano de 1987 o tradicional Colégio Santista situado na Rua Sete de Setembro esquina com a Rua da Constituição, além de formar cidadãos que se integraram com destaque no desenvolvimento da cidade de Santos também teve reconhecimento na parte esportiva quando no final da década de 50 formou uma grande equipe para participar de jogos amistosos nas preliminares de jogos do Santos Futebol Clube.

Comandado pelo técnico Danilo Aniceto e com o apoio do Irmão Cipriano os atletas do Grêmio São Luís eram selecionados nos times juvenis do Santos F.C, A.A. Portuguesa e Jabaquara A.C. e disputavam só jogos amistosos, não participando com essa equipe dos campeonatos promovidos pela Liga de Futebol Amador de Santos.

No auge de sua trajetória participou do jogo preliminar da final da Taça do Brasil realizado em 1960 no Estádio do Maracanã disputado pelo Santos F.C. e Esporte Clube Bahia. Seu uniforme tinha a cor azul e branca. Tinha dentro do seu complexo escolar um campo de futebol. Em 1958 o Grêmio São Luís foi campeão do I Torneio Amador promovido pelo jornal O Expresso.

Entre tantos craques que vestiram a camisa do Grêmio São Luís os que mais se destacaram profissionalmente foram o goleiro Gylmar dos Santos Neves (Corinthians, Santos e Seleção Brasileira), os meias Lorico (Vasco da Gama e A.Portuguesa de Desportos) e Gonçalo (São Paulo e Santos), o zagueiro Clóvis (Corinthians) e o atacante Célio (Vasco da Gama).

4 Comentários + Comente

  • Jair: Na foto de vice campeão da LFAS de 1961,o ponta direita do Gremio São Luiz é o Orlando, que morou no Marapé.

  • Na foto que o Danilo cumprimenta o Jorginho, o Irmão Marista ao lado não era o Cipriano (apelidado de Danny Kaie por sua aparência com o ator de cinema), nela era o Irmão Egydio Luiz (Reitor do Colégio Santista), estabelecimento este extinto lamentavelmente…

  • Louvo meus pais por permitirem minha formação estudantil nessa instituição de tradição ímpar.

  • Repassando pelas fotos do Grêmio São Luís, revejo com saudades os companheiros Dílmar, Jorginho, Romeu (do Porto), Simões, Michel, Paulo, Hélcio (narigudo), Afonso, Mesquitinha, Ludovico Labruna, Cláudio, Amado (das classes de aula), Capitão (que teve morte estranha no porto), Ernestinho (falecido), os que vi jogar Célio, Clóvis, Coutinho, Gilmar, Lorico (profissionais), Dr. Mimi (tio do ginecologista Dr. Roberto Digiovani Vergara, também colega de classe), Baianinho (mestre da frigideira da Brasil, já falecido). Isto é passado com muita estória…

Gostou? Então deixe um comentário!

A Tribuna

O guardião da várzea santista

Login


who's online