G.E. CAMBOJA

5 de agosto de 2008 por     49 Comentários    em: Camboja, G.E.

camboja1

Fundado em 09/04/1964 pela turma que morava nas casas da Estrada de Ferro Sorocabana da Rua Borges, pelos que moravam nas casas da Cia. Docas de Santos da Rua João Guerra , da Av. Senador Dantas próximo a Padaria Castelhana e da Rua Cons. João Alfredo, todos próximos ao cais do Porto.

As cores de seu uniforme eram o branco e o verde . Como jogava sempre no campo do adversário seguia as regras do mesmo, jogando às vezes de chuteiras, outras vezes descalço, no período da manhã ou no período da tarde.

O início do clube coincidiu com o encerramento das atividades do São Paulo F. C. da Padaria Castelhana. Seu primeiro presidente foi o saudoso Fernando Sacadura. Da sua diretoria faziam parte João Carlos de Mattos, Mario Bergadá Gomes, Roberto e Reginaldo Wander Haagen , Gilberto e Gilson Rondinelli, irmãos Hervelha, entre outros.

As fotos foram tiradas durante o festival do São Vicente A. C. em setembro de 1965.

Colaborador Mario Bergadá.

49 Comentários + Comente

  • Jair.

    Mais uma vez parabéns, você esta resgatando a História do Futebol Varzeano de nossa região. Todos nós que fizemos parte do saudoso G.E. CAMBOJA, estamos felizes por ver nosso Clube novamente em evidência

  • Aos amigos e simpatizantes do G.E. CAMBOJA, gostaria de reviver um pouco da história, de alguns de seus atletas dos anos 60, anos em que tinhamos o goleiro Queiroga titular absoluto dos aspirantes do Santos Futebol Clube; o Fernando Sacadura o popular Alemão considerado o maior médio volante que a Varzea Santista viu jogar. Neno um meia esquerda muito inteligente, de estilo clasico, que como Fernando Sacadura, preferiram um emprego na Cia Docas de Santos a ser profissional de futebol,apesar dos inúmeros convites de Clubes Profisionais, Sergio Hervelha de estilo clasico fazedor de gols nato, com certeza jogando hoje seria melhor do que a maioria dos centros avantes da atualidade. Isto é o G.E. CAMBOJA com suas histórias, histórias e histórias.

  • para lembrar o Mário, que todos os jogos do Camboja, foram registrados, com a m/redação, no jornal O Diário, na seção de esportes do saudoso jornalista J.Lima, e talvez fosse possível resgatar essa memória através dos arquivos da Soc. Humanitária. Vale a pena tentar.

  • Mário faço uma observação sobre a 1a. foto: o meia-direita não seria o Waldemir? e não Caio como consta. Consulte o Joaquim Hervelha sobre isso.

  • Jair, quero também lhe parabenizar por esse brilhante resgate da história do futebol varzeano santista, e espero que em breve o C.R.XI Republicano venha aqui fazer parte, pois alguns jogadores do Camboja jogaram no XI, e sei que o jornalista Rubens está providenciando essa inclusão.

  • Um fato “sui generis” aconteceu num jogo do Sind. dos Arrumadores (onde jogavam vários atletas do Camboja) contra o Anglo, um sábado à tarde nos idos de 1965 (?), trouxeram um ponta-esquerda da A.A.Portuguesa p/jogar no 2o. quadro, no intervalo o Sérgio Hervelha que era o mandatário e técnico, diante de um péssimo desempenho do tal ponta, o sacou do time e me pediu p/ entrar no lugar dele no 2o. tempo, pois eu ia jogar no 1o. quadro. Pois bem, o moço se chamava, simplesmente, Marco Antônio que depois da “burrinha” foi jogar no Fluminense do Rio e por fim campeão do mundo no México com a n/seleção canarinho. Coisas que acontecem…

  • Dessa foto do Camboja, o Gílson, o Neno, o Manaça e o Queiroga, foram treinar no Santos F.C. Mas sómente o goleiro Luís Queiroga permaneceu na Vila e junto com o Justo estiveram na Alemanha, no Lago de Constanza, com o juvenil do peixe disputando lá um torneio internacional, vencido pelo Estrela Vermelha (no sorteio) pois ambos acabaram empatados. Eles depois foram funcionários da Cia. Docas.

  • Rendo aqui m/homenagens póstumas ao Alemão Sacadura, ao Waldemir e ao Neno, que hoje, como diz o Mílton Neves, estão morando no céu!!!

  • Ainda nessa foto: o Gílson (engenheiro formado) atua como Dir. de Marketing da Telesp Celular em SP, o Joaquim Manaça (irmão do Neno), os irmãos Benê e Sérgio Hervelha moram em Santos. Gostaria de saber do paradeiro do Oscar, do Genka e do Português (irmão do Baiano, cujos nomes são Alcir e Alcires – gêmeos).

  • É com profundo pesar que comunicamos o falecimento do nosso amigo Sergio da Silva Hervelha, ocorrido no dia 19/06/09. Sergio que foi um dos maiores centro-avante que nossa varzea conheceu nos anos 60-70.
    Ao amigo Sergio nossa eterna saudades, com certeza você deverá ser titular absoluto das seleção la de cima.

  • Jair Siqueira, como já fiz lembrar ao Mário, todos os jogos do Camboja, enquanto fui presidente do clube, foram registrados no jornal O Diário, na página de esportes do saudoso J.Lima. É difícil pesquisar na Soc.Humanitária esses jornais e obter cópias de todos os relatos? Seria na verdade um precioso tesouro de valor inestimável e de memória indiscutível. Grato.

  • Lamento sensibilizado o passamento do Sérgio (Burro Louco) e o fato de ninguém ter me avisado. De certo ele se juntou aos amigos que já partiram: Alemão, Dirço, Coca, Neno, Nivaldo, Valdemir e outros que não me recordo agora. Meu sentimento consternado aos irmãos.

  • Aos irmãos do Sérgio: Benê, Nélson e Joaquim um abraço de conforto por essa perda irreparável.

  • Mário, embora vc tenha lamentado, na verdade não possuo qualquer foto do tempo em que joguei no Camboja, por isso não tenho como ajudar.

  • Roberto, o Oscar (Oscar Laragnoit Veiga) é meu cunhado e atualmente mora em Ribeirão Preto. Ele também é primo do Luiz Queiroga. Foi professor no Senai (Santos) e morou em Araraquara onde foi exercer o cargo de Assistente de Diretoria do Senai de Araraquara. Já mandei um email para ele avisando da divulgação da foto do time do Camboja.

  • Mário, muito grato pela informação e veja que interessante o cruzamento de coincidências, vc é primo do Afonso que eu conheci no Col. Santista e cunhado do Oscar que jogou na várzea comigo e com o Queiroga. O Renaud, que também é Laragnoit, era da n/turma e jogou no Camboja, deve ser parente do Oscar, pois não? Fatos pitorescos da vida… Um abraço a vc e transmita a eles também !

  • Jair, quando sera a próxima festa de contraternização? Espero ficar na próxima eté o fim,
    Um abraço.

  • Fico muito feliz pela iniciativa do site pois sou sobrinho dor imãos Hervelha e ainda me lembro com saudades das vezes que meu tio Sérgio me levava para assitir os jogos .-
    Meu tio Bene manda um abraço para todos.

  • Muito feliz em ver esta imagens , estou na foto 2 , sou o Odair , primo do Oscar e primo em 2o grau do Queiroga, que indiquei para o Camboja, também sou primo do Renaud e morava na vila Sorocaba, na caso do Quim , joguei diversas vezes na varzea e feliz por vr esta historia resgatada.

  • Odair, na foto por vc citada, só não lembro o nome de três personagens nela retratados, mencione ao lado de quem vc se encontra. Um abraço.

  • Odair, pra vc se situar melhor, vou enunciar os nomes dos componentes daquela foto seguindo da esquerda p/a direita, primeiro os de pé: Eu (Roberto), ?, Genka, Queiroga, Marcos Gordo, Benê, Neno, Seu Chico, Alemão Sacadura e Português; depois os agachados: Gílson, ?, China (meu irmão), Gilberto, Aníbal, ? e Joaquim Esquerdinha.

  • Mário, voltando àquela foto do saudoso Valdemir, para lembrar que ele era casado com uma sobrinha dos irmãos Hervelha, filha da Célia, e pai da Vanessa Machado, jornalista da TV Tribuna de Santos. E o nome dele era com V e não com W.

  • Para reviver: na foto do Morávia o Paulo Babão, com quem eu, Alemão Sacadura, Sérgio, Varote, Orlando Cabeça, Hermes (hoje nos EE UU), Neno e outros que não recordo, jogamos juntos do Guarani da 28 de Setembro.

  • Jair, muito bom ver a foto do Guarani F. C. e vi eles jogarem quando eu era mais jovem, onde vi também o Cabecinha de Ouro (Baltazar) que dava o cano no Corinthians pra jogar ao lado do Bahia (que jogou no Santos e na Portuguesa Santista). Os nomes que vc pediu não me recordo, entretanto, vou tentar mostrar a foto p/o Orlando Gregório, que é o 2o. agachado e hoje atua no m/sindicato (Adm. do Porto) e ver se ele lembra. O Maurício ponta esq. era tio do Edson Érico do Nascimento que foi profissional e depois também trabalhou na Codesp (hoje já falecido).

  • Mário, os nomes dos 3 componentes da foto n.2 devem ser o Osmar, o Odair e o Cabo Verde, cite-os na ordem das interrogações, ok?

  • Mário, como havia combinado, mandei os desenhos pelo correio, agora peça, por favor, ao teu filho, como ótimo desenhista que é, aperfeiçoá-los. Um abraço.

  • favor informar-me end. e tel. do oscar laragnoit veiga . obrigado

  • End. Av. Eduardo Gomes de Souza, 656 Ribeirão Preto SP
    tel. (16) 3441-2977

  • Mário Bergadá, estou aguardando retorno de uma consulta que através e-mail.

  • Roberto , estou agachado, ao lado do Gilson rondinneli, e tem um garotinho na minha frente , da foto reconheço o Queiroga que está atras , o Alemão, o Esquerdinha que está abaixdo, o Gilson , que está ao meu lado.
    Parabens pelo trabalho de resgate de uma época .

  • Odair, na foto que vc citou estavam: em pé – Eu, ? , Genka, Queiroga, Marcos Gordo, Benê, Neno, Seu Chico, Alemão e Portugues; agachados – Gílson, voce, China (meu irmão), Betinho (irmão do Gílson), Aníbla, ? , e Esquerdinha. O garotinho não lembro quem é.

  • No último dia 09/04/2011 o G.E. CAMBOJA completou seus 47 anos de atividade……aos ex Dirigentes, atletas e simpatizantes….nossos parabéns…..quem sabe ainda poderemos voltar ao futebol…..vamos amaduracer esta idéia.

  • Fiquei muito surpreso e feliz em ver aqui as fotos daquele grupo de amigos, que há muitos anos, juntos, fizeram a história do Camboja. Um nome escolhido entre tantos, para homenagear aquele pequeno país que passava pelo sofrimento de uma guerra injusta. Me voltaram à mente diversas e felizes passagens, algumas comicas. A nota triste fica por conta dos amigos que já se foram, mas que permanecem em nossas mentes.
    Pena que não tenhamos imagens com o último uniforme do Camboja, calções e camisas brancas, com a inscrição arqueada, em verde (se não me engano), no peito.
    Abraços ao Mário, ao Beto e aos demais colegas.

  • Favor informar e-mail e endereço de Amauri Torres Meira. Temos outras histórias em comum.

  • Pessoal do G.E.Camboja, vendo a foto do time e torcida naquele festival em São Vicente em nosso site, la esta aquele que foi considerado o melhor goleiro da Baixada Santista nos campeonatos promovido de SESI aos sábado á tarde, O ANIBAL(esta na foto de camisa branca ao lado do Gilberto Rondinelli com o seu inseparável guarda chuva…rsrs) nesta época ele já tinha abandonado o futebol, mas sem duvida era o melhor goleiro da baixada dos anos 50/60.

    Por onde andará voce ANIBAL…se alguém souber seu enderêço por favor me informar.

    Aproveitando esta oportunidade, sugiro ao JAIR a criação no SITE de uma seção denominada POR ONDE ANDA VOCE….onde poderemos localizar ou ter noticias de craque e amigos do futebol varzeano do passado

  • JAIR, fizuma sugestão no comentário acima do dia 28/08/2011. como tambem encaminhei um E-mail para voce, não tem resposta para me dar

  • prezado amigo estes imoveis nunca pertenceu a estrada de ferro sorocabana o que a istoria dizia que foi comprado mas isso nunca aconteceu veja o que diz a lei como segue

    DECRETO LEI 2.436 DE 22 DE JULHO DE 1940

    UM FORTE ABRAÇO.

  • Mário, sobre o paradeiro do Aníbal, a última vez que me encontrei com o Joaquim, me parece ter ele comentado que o mesmo já faleceu, por via das dúvidas ligue para o Esquerdinha e se informe à respeito.

  • gostaria de saber os seguintes emails:

    do Odair Laragnoit Nabarrete e
    do Luiz Queiroga

  • gostaria de saber dos e-mails do
    Odair Laragnoit e do Luiz Queiroga

  • Oscar Laragnoit…tenhos os telefones…..celular 978848374
    residencial 32342620 DDD 13

  • Pessoal amigos e simpatizantes do G.E. CAMBOJA é com profundo pesar que comunicamos o falecimento do nosso lateral direito,JOÃO CARLOS DE MATHOS, baixinho, ocorrído hoje 01/06/2012. Ao amigo João nossa eterna saudades.

  • Muito bom ver o Amaral, irmão do Ducla e do saudoso Solon, sua esposa Ana Maria, irmã da Ana Lúcia, Armando, Alcides e Alzira, moramos todos nas "casinhas das Docas". Recordar é viver.

  • Foi muito bom rever acima o Amaral junto da esposa Ana Maria, ele irmão do Ducla e do saudoso Solon, ela irmã da Ana Lúcia, Alzira, Armando e Alcides. Ele, Amaral, morava nas casas da Sorocabana e nós nas “casinhas das Docas”. Feliz quem pode reviver.

  • Mário, depois de algum tempo reconheço que me enganei quanto ao meia-direita da foto do Camboja, de fato não é o Waldemir (finado) e sim o Caio. Retifique-se. E aproveito para enviar um abraço a todos os amigos do G.E.Camboja e do C.R.XI Republicano.

  • Mário, o sonho de voltar a reunir o pessoal do Camboja ( e também do XI Republicano) permanece de pé. Vamos pensar nisso. Um abraço.

  • Amigos do G.E. CAMBOJA, é com profundo
    pesar que comunicamos o falecimento de nosso amigo e atleta LUIZ QUEIROGA, ocorrido semana passada, sendo a missa de sétimo dia hoje 10/02 às 19:00 na Paróquia Sagrado Coração de Jesus à Av. Barth. Gusmão 114. Ao amigo Queiroga nossa eterna saudades

  • Mário, ainda que tardiamente, quero registrar aqui uma homenagem ao “Boca” (Luiz Queiroga). Ele participou com o Santos F. C. (equipe de juniores) de um torneio internacional na Alemanha, Lago de Constanza, ao lado do Justo, onde o peixe perdeu o título para o Estrela Vermelha, na moeda. Eles depois trabalharam comigo na Codesp. O meu preito de saudade ao amigo.

  • Pessoal é com muita tristeza que informamos o falecimento do nosso amigo e ex atlrta do G.E. CAMBOJA, RENO LARANGHOA, ocorrido em Goias, onde morava com seu filho, a família nossos sentimentos, RENO que nosso pai te receba em seu reino de amor e paz. AMIGO RENO SAUDADES ETERNA de todos amigos e simpatizantes do G.E. CAMBOJA.

Gostou? Então deixe um comentário!

A Tribuna

O guardião da várzea santista

Login


who's online